Michelle Carvalho
Tendência

Continuidade

User Rating: 5 ( 1 votes)

Ano novo
Folha em branco
Tudo recomeça…

Resquícios do ano que ora finda
Vestígios que faço questão de guardar com orgulho:
Amor correspondido
Realização…

Enfim entrego minh`alma à plena alegria
Feliz descanso e estremeço de alegria
Carregando este sonho real
Para consagração e plenitude
Corroborada com o pé direito
No ano que se apresenta…

Vislumbro plenitude de cores, amor, euforia e paz
Saúde,… o que mais???
O que me falta???

Dentre estas realizações,
Peço pelos amigos que não vejo mais…
Tanta saudade…

(Livro Versos de Princesa prometida – 2015 – Michelle Carvalho)

 

     Eis que nos é dado um novo ano inteirinho de possibilidades depois de um tão inconcreto e turbulento.

     O que na verdade nos invade o pensamento é a nova esfera de renovação que essa etapa nos traz, o que não deveria ser tão forte apenas por termos chegado a um novo ano.  Isso é mera nomenclatura e numeração, afinal, essa renovação se dá a cada dia em que temos a dádiva de abrir os olhos e iniciar uma nova fase de oportunidade, não é?

     Por que empurramos a dieta para a segunda-feira ou os planos para um novo ano?

     A vida é tão curta e no último ano vimos isso! Pessoas que nos cercavam, que amávamos, sendo tiradas de nós por um vírus invisível e que tornou tantas pessoas não mais visíveis ao nosso cotidiano.

     Não esperemos uma mudança de calendário ou de semestre para alguma transformação que você sente que é necessária em sua vida!

     Certa vez, na quarentena, eu ouvi atentamente o que dizia o Padre Fábio de Melo sobre Deus nunca errar.

     Daí você me dirá: “Que Deus nunca erra eu já sei, o que tem de diferente nisso?”

     Todos nós somos sementes perfeitas feitas por Deus para germinarmos no solo, crescermos, florirmos, frutificarmos, embelezarmos, darmos sombra, alimento e cooperação, mas quantas vezes não cumprimos o que Deus tem sonhado pra nós? Tudo isso porque estamos no solo errado!

     Cada semente tem um solo específico para germinar e ser tudo que deve ser, mas se estiverem em solo errado esforçam-se muito, mas não alcançam tudo que podem se tornar, muitas vezes ficam raquíticas, murchas e nem florescem…

     Tudo isso acontece conosco também. Esforçamo-nos pra brotar, frutificar, alcançar nossos sonhos, mas vemos que nossa vida tá emperrada, não sai do lugar e inventamos um monte de desculpas esfarrapadas! Colocamos a culpa no outro, na inveja do outro, nos problemas que idealizamos, contudo não enxergamos (ou não queremos enxergar) que estamos tentando nos acomodar no solo errado para nós.

     Quando o solo não tem o que necessitamos para sermos felizes, não adianta darmos “murros em ponta de faca” porque somente causará dores, machucados e cicatrizes. Daí a necessidade de mudança e de coragem para realizá-la!

     Muitas vezes deixamos de lado o que queremos e colocamos em prática os sonhos do outro, as escolhas que os outros fazem para nós, nos sacrificando em prol de algo que não escolhemos e assim vivemos no solo errado, nos imbuímos de uma dor de fracasso, porque a felicidade não expande, o desejo de realização não chega e muitas vezes nem sabemos o porquê daquele vazio.

     Sentimo-nos impotentes, empacados!

     Não que aquele solo não nos dê possibilidades ou que não estejamos realizando bem o que nos é determinado, mas a felicidade de se realizar fazendo o que se ama de verdade dá frutos maiores e mais bonitos!

     Muitas vezes esses frutos belos dependem dos olhos de quem vê porque a realização de um pode ser ínfima para o outro, assim como na natureza onde uma árvore dá uma jaca imensa e a outra dá pequenas amoras, mas ambas sentem-se realizadas em frutificarem do tamanho que Deus sonhou para elas.

     Algumas pessoas dirão: “mas você largou essa carreira brilhante para fazer isso da vida ganhando tão pouco?”, mas aos olhos de quem floresce, o brilho da realização é imenso!

     Ninguém tem o direito de apontar um sonho para ser realizado por outra pessoa, por mais amor que exista na relação. Cada um é único e tem o direito de sonhar o que desejar.

     Que neste novo ano possamos “quarar nossa alma com o sol da ressurreição” de Jesus – como em outro livro disse o Padre Fábio de Melo – para que de alma translúcida possamos viver nossas verdadeiras alegrias, sonhos e colher frutos frondosos estando no solo certo para cada um de nós!

Michelle Carvalho

e-mail: michellecarvalhoadvogada@yahoo.com.br

Instagram: @michelle_carvalho_escritora

Facebook: Michelle Carvalho Escritora

Youtube: Michelle Carvalho Escritora

Mostrar mais

Michelle Carvalho

Biografia: Advogada, Escritora desde os 13 anos, com participação em inúmeras antologias literárias e premiações no Rio de Janeiro e em São Paulo. Ganhadora do Premio Baixada de Literatura em 2014. Lançou 4 livros: “Furor Letárgico da Alma” (2009), “Versos de Princesa Prometida” (2015 – na 17ª Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro) e “Cindy Entre Patas e Reinos” (2018) e Cindy Entre Patas e Reinos 2 (2019 – 19ª Bienal Internacional do do Livro do Rio de Janeiro) , estes dois últimos projetos de leitura na Cidade das Artes/RJ, em várias escolas nacionais e internacionais. Além de diversas participações em projetos culturais literários em escolas com palestras motivacionais, intervenções literárias e poéticas em saraus, sendo o último deles o Programão Carioca da Rede Globo no ano de 2018, Participação na FLIM e FLISGO no ano de 2019, bem como posse na ACLAM – Academia de Ciências, Letras e Artes de Magé.

Artigos relacionados

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: