Notícias

Escritor Gonçalense toma posse do cargo de pesquisador na Academia Brasileira de Cordel

A tarde do dia 24 de outubro entrou para a memória da cultura gonçalense. O escritor Erick Bernardes, autor dos livros Panapaná e Cambada – Crônicas de Papa-Goiaba, tomou posse, em plenária virtual, do cargo de pesquisador na ABLC (Academia Brasileira de Literatura de Cordel).

Segundo o site da instituição: “A ABLC possui um quadro de pesquisadores com as mais variadas profissões e todos engajados com a fomentação da cultura popular. Profissionais de diversas áreas, que se uniram para elevar e disseminar a Literatura de Cordel no Brasil e no exterior, pois temos pesquisadores brasileiros e estrangeiros. O quadro encontra-se no momento em criação, pedimos desculpas pelo transtorno, no entanto estamos incluindo alguns nomes e constantemente atualizaremos com as demais informações imprescindíveis”.

Situada no município do Rio de Janeiro, a ABLC tem como presidente e fundador, o cordelista, Gonçalo Ferreira da Silva. A instituição conta com mais de 30 anos de fundação e um corpo seleto de pesquisadores e acadêmicos

A plenária foi presidida pelo vice-presidente de academia, Almir Gusmão, assessorado pelo poeta Wilson Seraine da Silva, os quais abriram a sessão com boas-vindas aos membros da ABLC. Muitos acadêmicos falaram, fazendo agradecimentos e parabenizando o nosso presidente, e, por conseguinte o nosso empossado.

Para Erinaldo Santos, filósofo e pesquisador da ABLC: “A posse do escritor Erick Bernardes tem um significado muito grande para ABLC. Erick é um escritor de primeira grandeza, além de ser um ser humano e um intelectual vocacionado a cultura, ao conhecimento e a educação. Bernardes vai somar a ABLC muito de seu conhecimento e de sua busca pela cultura. Erick é uma daquelas pessoas que a ABLC não podia prescindir de tê-lo em seus quadros. Ele é indubitavelmente uma das maiores aquisições da ABLC nos tempos atuais. Um dos grandes magistérios de um filósofo é uma afirmação que aprecio muito: “O segredo da felicidade é fazer do seu dever, o seu prazer”. Então, Erick tem uma vocação, recebeu uma vocação e respeita sua vocação. É incrível a admiração que tenho por este rapaz. A ABLC está muito feliz e honrada com a chegada do Erick Bernardes, pois reconhece o valor que ele tem. Para ser um pesquisador, tem que gostar de cultura e conhecimento, e quando a ABLC aceita um novo acadêmico-pesquisador é porque viu  nele talento, competência, capacidade e vontade de realizar. Com a posse de Erick Bernardes, não ganha somente a ABLC, mas também a cultura brasileira e mundial”.

“Sempre fico feliz em participar desses eventos, ainda mais quando um amigo nosso está recebendo uma honraria. Nesse momento bate um orgulho, pois um amigo sempre comemora a conquista do outro. Erick é um grande escritor e o admiro muito pela bagagem que ele carrega. Acredito que ele vai agregar muito para a academia como pesquisador. Acho que ela vai enriquecer tanto a ABLC quanto a literatura de cordel, dando continuidade a um trabalho começado por ele junto ao cordelista Zé Salvador. Como já disse em outras entrevistas, assumir um cargo em uma academia não é nada fácil. Mesmo longe, tinha que participar dessa plenária e acompanhar, com felicidade, a vitória do meu amigo” – relata Ezequiel Alcântara, cordelista e trovador.

A reunião estava repleta de artistas e jornalistas gonçalenses, que ressaltaram a importância do trabalho de incentivo à escrita (especialmente do Cordel) realizado por Erick Bernardes junto ao cordelista Zé Salvador.

Para o cordelista Zé Salvador: “Eu acho que a ABLC fez uma ótima aquisição, pois está recebendo sangue novo. Está recebendo um grande profissional da pesquisa. Um estudioso, amante da cultura. Além do que a posse do escritor Erick Bernardes, representa o ingresso de São Gonçalo no mundo das pesquisas do cordelianas. São Gonçalo sai do círculo municipal e entra no círculo nacional nas pesquisas. De um modo geral, Erick Bernardes está abrindo portas, na academia, para poetas gonçalense”.

“O cargo de pesquisador vai contribuir para uma paixão que já tinha. Há alguns anos, comecei a me interessar pela Literatura de Cordel, porém confesso que não entendo muito da métrica, da técnica e do fazer, mas quando recebi o convite de Zé Salvador, me apaixonei pelo cordel e comecei a pesquisar (origens, entre outras coisas). Hoje, eu considero esse cargo como uma honra das mais indescritíveis da minha vida. Tantos cordelistas maravilhosos, que já admirava, como vimos Dalinha Catunda, Maria Rosário, esta que encontrei na FFP e me fez me apaixonar pelo cordel através de suas falas. Depois ouvi falar do Gonçalo e  de muitos outros cordelistas. Passado alguns anos, recebi, do Zé Salvador, um convite para transformar as crônicas de São Gonçalo em uma série de cordel. Isso não tem preço. Não tenho como descrever a felicidade que estou sentindo e a vontade de trabalhar pela ABLC é muito grande” – finaliza o empossado da tarde, o escritor Erick Bernardes.

Mostrar mais

Renato Cardoso

Graduado em Letras pela UERJ FFP. Pós-Graduado em Educação à Distância – Uninter. Atua como professor desde 2006 na rede privada. Leciona Língua Inglesa e Literatura em diversas escolas particulares e em diversos segmentos no município de São Gonçalo. Coordenou, de 2009 a 2019, o projeto cultural Diário da Poesia, no qual também foi idealizador. Editorou o Jornal Diário da Poesia de 2015 a 2019 e o Portal Diário da Poesia em 2019. É autor e editor de diversos livros de poesias e crônicas, tendo participado de diversas antologias. Apresenta saraus itinerantes em escolas das redes pública e privada, assim como em universidades e centros culturais. Produz e apresenta o programa “Arte, Cultura & Outras Coisas” na Rádio Aliança 98,7FM. Hoje editora a Revista Entre Poetas & Poesias. Contato: professorrenatocardoso@gmail.com

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: