Ângela Moreira

Homenagem a São Gonçalo através da Poesia

       Minha Cidade

São Gonçalo pequenina
deslumbrante lá na Praça,
pois sua fonte luminosa
brilha, brilha, sem parar
jorrando água colorida
em todos os que passam.
As crianças a sorrir
brincam no balanço
e no escorrego,
mas a fila está grande
e alguns começam a chorar.
Até que alguém lembra do pique esconde
e todos resolvem parar.
E começa a brincadeira
pela Praça “Zé Garoto”
(Praça Estephânia de Carvalho)
corre daqui, corre de lá
se escondem atrás dos bancos
atrás das árvores
e assim, todos ficam felizes a brincar.
Essa é a minha cidade
que de pequenina não tem nada
tem tudo o que se possa pensar
e por isso sou feliz
por morar nesse lugar.

Angela Moreira

 

Minha Cidade: São Gonçalo do Amarante

Em uma Praça imponente
duas escolas ao seu lado.
Uma deixou de ter vida
e a outra continua erguida.

A fonte sempre linda
em um passado distante.
As árvores sempre esbeltas
com suas flores exuberantes.

Seguindo em frente
encontro a saúde funcionando
e mais adiante a Matriz
de São Gonçalo do Amarante.

E o comércio da cidade
funcionando a todo vapor.
Meu Deus!
Que povo trabalhador.

Nessa cidade nasci
e nela vivo até hoje
Meu Pai Gonçalense
aqui e lá.

São Gonçalo do Amarante
no Brasil e em Portugal
os seus filhos querem viver
uma vida sem igual.

Angela Moreira

 

 

 

 

 

 

Mostrar mais

Angela Moreira

Angela Moreira . Graduada em Português, Inglês e Literatura,pela Faculdade Niteroiense de Letras, Pedagogia e Turismo. Especialização em Língua Portuguesa pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro.Trabalhou durante trinta e quatro anos na Rede Privada . Trabalha na Rede Estadual de Ensino desde 2008. Poeta, contista,colunista do Portal ,contadora de histórias, tem três peças escritas, muitas poesias e contos, Organizadora de vários Concursos de poesias escolas em que trabalha. Escreveu o Livro: Um Pouco de cada coisa: Contos e Poesias e também participou com seus contos e poesias com muita honra e orgulho de três Antologias junto com o grupo do Diário da Poesia: O Diário em Poemas, Almas em prosa e verso e Escritos Diários.

Artigos relacionados

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: