FALA AÍ, JUVENTUDE!

Fala aí, Juventude! Série: Capítulo 1, “O destino coincidente” – Rafaela Azeredo

O destino coincidente - Capítulo 1

 

Anteriormente vocês conheceram a sinopse da série O destino coincidente. Agora, está aí, o primeiro capítulo dessa divertida aventura. Eu, Rafaela Azeredo, convido você para ler e se divertir bastante com a história. Bora nessa incrível jornada?

O que você verá agora a seguir serão cenas, como se fossem recortes de tempo e espaço dos vários momentos da vida dos nossos respectivos personagens.

7 anos de idade

Os dois pequenos saem para brincar no parque, eles se sentem bem lá. Sentindo a brisa gostosa e gelada em seus rostos, fazendo seus corpos se arrepiarem com os “toques” repentinos.  Eles vão de brinquedo a brinquedo, saltitando e com aqueles lindos sorrisos cativantes.

Eles brincam com seus amigos, primos e irmãos, tudo em família, e os adultos não ficam de fora. Eles também brincam e se divertem com suas famílias.

Uma felicidade tão grande, que eles queriam que fosse tudo em câmera lenta, para desfrutarem mais desse momento precioso.

13 anos

Daniel e Helena arranjaram uma pequena confusão na escola, uma garota metida a besta está dando em cima do Daniel, e essa tal garota não gosta da Helena, ficando com ciúmes quando ela está perto do irmão.

Helena achou essa situação um absurdo e foi reclamar com a garota. A tal garota estava tão enciumada, que meteu a mão na cara da nossa menina, e como ela tem o pavio curtíssimo, é obvio que ela retrucou na hora com um lindo soco no meio da cara de vaca dela.

Provavelmente a garota está com o nariz quebrado, agora vai precisar de uma rinoplastia, que eu espero que fique horrível.

15 anos

Helena havia realizado o seu primeiro beijo hoje, para ela foi mágico. Até o seu querido irmão ter um ataque de ciúmes. Falou que ela é boa demais para qualquer garoto naquela escola e que nenhum deles poderia ficar com ela.

Quando eles chegaram em casa, o irmão fez questão de contar o acontecido aos seus pais, a mãe ficou bem de boa, ela só queria saber quem era o garoto. Agora… o pai (também muito ciumento) quase saiu de casa só para matar o maldito garoto que teve coragem de tirar o BV da sua filha querida, e foi ai que a mãe interviu, ela falou que o filho também perdeu o BV e que ninguém brigou com ele por isso, então era para ser a mesma reação no caso da filha.

17 anos

Os dois irmãos estavam treinando seus poderes, um atacava o outro, com golpes brutos e fortes, seus pais apensas mostravam e eles aprendiam. Os dois lutavam para se redescobrir, muitas coisas falando e falando em suas cabeças acabavam os confundindo — e eles não gostavam disso.

Muitos seres querendo controlar, porém ambos sabiam como reagir a isso. Eles estavam em uma luta normal, meio agressiva, mas não para causar feridas graves. Eles usam mais de seus vampiros e lobos, e tentam não se irritar muito para não se descontrolarem e virarem verdadeiros monstros

Nos dias atuais

Hoje em dia os dois adultos estão com seus 20 anos e são superindependentes. A Helena faz faculdade de Psicologia e Direito, e seu irmão, Daniel, faz de Administração.

Algumas horas atrás, os dois irmãos resolveram sair com seus amigos, para fazer nem eles sabem o quê.

Depois de algumas discussões e outros tapas, ficou resolvido que iriam jogar futebol. Os amigos trocaram suas roupas, colocando uma blusa meio larguinha com um short de lycra, o das meninas era bem justinho, enquanto o dos meninos era largo, colocaram suas chuteiras bem amarradas e firmes e foram a caminho do campinho.

Chegando lá, correram para dentro do campinho, se alongaram (obviamente fazendo maluquices) e depois foram jogar um pouco.

Depois de um tempo, todos se cansaram e se sentaram um pouco.

Papo vem, papo vai e eles acabaram perdendo a hora, tinham se programado para jantar e depois ir ao shopping. Porém, não deu, tiveram de seguir direto para o shopping.

As garotas aproveitaram para comprar roupas e livros, enquanto os “empregados” apenas carregaram as sacolas, que por sinal estavam bem pesadas.

Os garotos seguiram reclamando porque não queriam ser burros de carga, mas elas continuaram comprando coisas e jogando nos braços deles.

Rafaela Azeredo tem 13 anos e é de Niterói. Há três anos, descobriu o Wattpad e começou a postar a história construída por ela. Conheça essa excelente narrativa, entre para O DESTINO COINCIDENTE.

Mostrar mais

Erick Bernardes

A mesmice e a previsibilidade cotidiana estão na contramão do prazer de viver. Acredito que a rotina do homem moderno é a causadora do tédio. Por isso, sugiro que façamos algo novo sempre que pudermos: é bom surpreendermos alguém ou até presentearmos a nós mesmos com a atitude inesperada da leitura descompromissada. Importa (ao meu ver) sentirmos o gosto de “ser”; pormos uma pitadinha de sabor literário no tempero da nossa existência. Que tal uma poesia, um conto ou um romance? É esse o meu propósito, o saber por meio do sabor de que a literatura é capaz proporcionar. Como professor, escritor e palestrante tenho me dedicado a divulgar a cultura e a arte. Sou Mestre em Letras pela Faculdade de Formação de Professores da UERJ e componho para a Revista Entre Poetas e Poesias — e cujo objetivo é disseminar a arte pelo Brasil. Escrevo para o Jornal Daki: a notícia que interessa, sob a proposta de resgatar a memória da cidade sob a forma de crônicas literárias recheadas de aspectos poéticos. Além disso, tenho me dedicado com afinco a palestrar nas escolas e eventos culturais sobre o meu livro Panapaná: contos sombrios e o livro Cambada: crônicas de papa-goiabas, cujos textos buscam recontar o passado recente de forma quase fabular, valendo-me da ótica do entretenimento ficcional. Mergulhe no universo da leitura, leia as muitas histórias curiosas e divertidas escritas especialmente para você. Para quem queira entrar em contato comigo: ergalharti@hotmail.com e site: https://escritorerick.weebly.com/ ou meu celular\whatsapp: 98571-9114.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: