FALA AÍ, JUVENTUDE!

Fala aí, Juventude! Crônica: “ACABOU DE VEZ A FOME NO PAÍS ” – Samara Torres

— Fala aí, juventude! “Coluna destinada à publicação de textos de jovens escritores (até 18 anos). Então, se você é jovem e quiser ter seus textos publicados aqui no portal, basta enviar para: revistaentrepoetasepoesias@gmail.com (por favor colocar as devidas identificações).

A aluna Samara Torres é estudante do sétimo ano do Ensino Fundamental no CIEP 238 Dr. Ilton Faria da Costa, em Santa Luzia, São Gonçalo. Ela respondeu ao desafio, feito pelo Professor Oswaldo Eurico Rodrigues da Silva, de criar uma notícia boa baseada numa utopia. Escolheu falar sobre a extinção da fome em nosso país. Foi bastante sensível tanto na escolha do tema quanto ao escrever o seu texto. Essa é a primeira contribuição de um projeto maior de divulgação da produção escrita dos meus alunos nas diversas escolas onde trabalho.

*Notícias SEMPRE BOAS*

 ACABOU DE VEZ A FOME NO PAÍS

Governo Cria Novo Instituto Para Acabar Com A Fome No País

Nesta sexta-feira, dia 19/06/2020, o governo decidiu criar um novo instituto para acabar com a fome no país.

Este instituto se chama Instituto Para Um País Melhor (IPUPM), o instituto não servirá apenas para acabar com a fome no país, e sim também para outras necessidades, como: a quantidade imensa de moradores de rua, a falta de hospitais, a falta de segurança nas ruas e etc.

Mas, por enquanto, o instituto irá apenas ajudar as pessoas que estão passando fome.

O Instituto funciona da seguinte maneira:

Todas as pessoas dispostas irão fazer uma inscrição e doar todo mês, pelo menos, 1 Kg de alimento não perecível. Esse alimento irá direto para o Instituto, lá serão formados em cestas básicas, e essas cestas básicas serão distribuídas, desde às áreas mais pobres, até às áreas mais ricas; até porque o governo afirma que até nas áreas mais ricas do país há pessoas passando fome. Outras instituições também contribuíram com o projeto. Muitas pessoas também contribuirão com uma boa quantia de dinheiro.

Mostrar mais

Erick Bernardes

A mesmice e a previsibilidade cotidiana estão na contramão do prazer de viver. Acredito que a rotina do homem moderno é a causadora do tédio. Por isso, sugiro que façamos algo novo sempre que pudermos: é bom surpreendermos alguém ou até presentearmos a nós mesmos com a atitude inesperada da leitura descompromissada. Importa (ao meu ver) sentirmos o gosto de “ser”; pormos uma pitadinha de sabor literário no tempero da nossa existência. Que tal uma poesia, um conto ou um romance? É esse o meu propósito, o saber por meio do sabor de que a literatura é capaz proporcionar. Como professor, escritor e palestrante tenho me dedicado a divulgar a cultura e a arte. Sou Mestre em Letras pela Faculdade de Formação de Professores da UERJ e componho para a Revista Entre Poetas e Poesias — e cujo objetivo é disseminar a arte pelo Brasil. Escrevo para o Jornal Daki: a notícia que interessa, sob a proposta de resgatar a memória da cidade sob a forma de crônicas literárias recheadas de aspectos poéticos. Além disso, tenho me dedicado com afinco a palestrar nas escolas e eventos culturais sobre o meu livro Panapaná: contos sombrios e o livro Cambada: crônicas de papa-goiabas, cujos textos buscam recontar o passado recente de forma quase fabular, valendo-me da ótica do entretenimento ficcional. Mergulhe no universo da leitura, leia as muitas histórias curiosas e divertidas escritas especialmente para você. Para quem queira entrar em contato comigo: ergalharti@hotmail.com e site: https://escritorerick.weebly.com/ ou meu celular\whatsapp: 98571-9114.

Artigos relacionados

14 Comentários

  1. Samara, veja seu texto publicado! Ele se agiganta. Vê-lo impresso é ainda mais gratificante. Agora o estou lendo não mais com o olhar do professor, mas sim com o olhar do leitor livre das convenções da escola. Tanto o leitor quanto o professor gostaram do seu texto. Ambos esperam novas publicações.
    Parabéns, Samara!

  2. Que lindeza, Samara! Certamente a proposta da utopia foi super bem aplicada por você, mas, ainda assim, meu coração se enche de esperanças por um mundo se fome.
    Parabéns!!! Obrigada pela delicadeza e provisão do texto.

  3. Parabéns, fiquei admirada com o tamanho da sua ideia e pensamento. Quem dera se o mundo fosse assim! Achei sensacional! Que você prossiga usando seus talentos..

  4. Parabéns pela escolha do texto, mesmo sendo uma utopia, mas a preocupação com a fome. Hoje o que vemos são pessoas preocupadas apenas em ter do que ser, pessoas voltada apenas para o mundo tecnológico e na sua idade muitas meninas já são mães infelizmente, Que você tenha sempre uma visão maior das coisas, que você acredite em si e que você pode de alguma forma contribuir para um mundo melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: