Jullya Miryan

A Cegueira do Amor

Teu abraço não era casa,

era uma armadilha

e uma grande maravilha.

Me agarrava e fechava,

mas também soltava quando acabava.

Como eu não percebia?

Como eu me vendia?

Mostrar mais

Julya Miryan

Escrevo por amor, por tristeza, solidão, ou qualquer loucura que passe pelo o meu coração, pois um dia me disseram para escrever e decidi me tornar uma poeta desde então.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: